Sejam todos muito Bem Vindos!!!!!

Sou formada em Desenho Industrial e em Artes Plásticas. Atualmente, trabalho com arte em papel, mais especificamente Scrapbooking e Encadernação. Sou instrutora credenciada da Toke e Crie, uma empresa nacional que vem crescendo, consideravelmente, nesses últimos anos e hoje é uma das maiores e melhores no ramo de Artesanato. Sempre uma aficcionada pelas Artes em geral. Amo Música, Literatura, Dança, Teatro, Cinema... Quem quiser me acompanhar nesse mundo arteiro é só me seguir. Vamos lá?!?!!??!

Quer fazer parte dessa turminha linda?!!?!??!

quinta-feira, 15 de julho de 2010

5 Dicas para quem quer transformar seu hobby em trabalho - by Elsie

Um frio de derrubar qualquer pinguim por aqui... mas frrrrrrrrrrrrrio messsssssssmo!!! Meus dedos estavam congelando, durinhos, durinhos... luva neles!Estava navegando pela Internet e vi um post no site da Elsie Flannigan (Scrapper) e achei muito interessante, mas muito interessante mesmo que resolvi postar aqui no Blog.
Ela dá 5 dicas para quem quer viver e sobreviver da renda de seu próprio trabalho com as artes, com seu próprio negócio.

Começa dizendo que é um sonho emocionante, mas que a realidade é um pouco assustadora se pararmos para pensar no que realmente vem pela frente. Como saber se está preparado para dar esse passo? Tem certeza que quer transformar seu hobby numa profissão para a vida toda?

Elsie compartilha dicas que a ajudaram a ter uma perspectiva melhor sobre o assunto e a adquirir novas ideias para seu processo criativo.

"Possuir seu próprio negócio é um trabalho muito maior que trabalhar para outra pessoa." Isso é fato!

Para fazer do seu hobby seu "ganha pão" requer um sacrifício e tanto, mas terá a grande recompensa que é fazer aquilo que você ama! "Possuir um negócio independente não é para os fracos de coração.(Essa é boa!)

Então vamos lá:

1. Um Bom Planejamento
"Quando comecei o meu negócio, senti que a chave do sucesso era nunca parar de trabalhar, sempre estar ativa, fazendo as coisas, dormir pouco, nunca ficar num projeto por muito tempo. E não é que eu estava errada! Um bom planejamento é infinitamente mais importante que o trabalho duro. Você precisa dos dois, mas sem seu plano de trabalho não irá muito longe. Minha dica é que semanalmente você gaste um tempo com qualidade fazendo uma lista de metas que pretende alcançar e levá-la consigo prá cima e prá baixo. E também metas a longo prazo. Escreva suas metas e deixe em lugares visíveis para que possa enxergar e se certificar que todo trabalho que está realizando agora tem um propósito maior mais a frente."

2. Iempo não é Dinheiro
Nos primeiros anos você precisa fazer um trabalho de base, e nem sempre você irá ganhar dindin com isso. Mas é a única maneira de ter sucesso a longo prazo.Você irá gastar seu tempo e também seu dinheiro com sessões de fotos, Blogs, contabilidade e publicidade. Se fizer uma lista mental do tempo que está ganhando (ou perdendo) nesse primeiro momento pode ser simplesmente deprimente. Então não o faça. Em vez de se concentrar nisso tenha seu foco no negócio que você está criando.

3. Marketing para as massas é uma má ideia para pequenos empresários
É importante compreender que o marketing para um grande número de pessoas é interessante para grandes corporações, não para pequenos negócios. Tenha em meta um público alvo, direcione o seu mercado a uma pequena plateia. Ser diferente é uma vantagem, não uma desvantagem. Faça do seu produto algo diferente, use ideias que não estão sendo usadas e seja um criador de tendências, não apenas um seguidor delas.

4. Seja honesto sobre seus pontos fracos e fortes
" Eu não sou muito bom em responder meu e-mail." Ela começa assim a quarta dica (me achei por aí hehehe). Voltando ao que interessa: ela se sente desanimada só de pensar nisso. Isso é um grande sinal de fraqueza. E admitir nossas fraquezas já é uma maneira de melhorar a situação.

" Sou boa em ilustrar e ter novas ideias." Elsie faz isso sem tomar muito tempo e a deixa feliz e inspirada para produzir ainda mais. Esse é o seu ponto forte!

A partir do momento que você reconhece seus pontos fortes e fracos conseguirá criar uma agenda mais produtiva para você mesmo.

5. Você escolhe o seu público
Você deve escolher um público o qual você colocará seus produtos. Produtos que você cria com amor! Deve testar seu público para ver como seu produto será aceito no mercado.Se não responderam conforme você imaginou, não desista da ideia. É de sua responsabilidade, como artista e proprietário da empresa, encontrar um público que goste tanto do seu projeto quanto você! Isso pode levar anos, mas vale a pena!
Os Blogs e Sites estão direcionados para pessoas que gosta, ou se interessam pelas mesmas coisas que você.
Pode parecer impressionante, mas de todas as dicas essa é a mais importante!

Espero que tenham gostado e...
na próxima semana uma tradução com 5 dicas para Bloggers. Acho que vou precisar rever o meu hehehe.




Bjssssssssssssss

Taninha


Aceitamos encomendas de todo o Brasil. Entre em contato conosco e faça seu orçamento.

4 comentários:

Rosana Garcia Hess disse...

Também vi este post...adorei Taninha...mas fiquei com pregui.. de traduzir...rsrsrs
kisses
Rosana

patricia dias disse...

Gostei bastante das dicas.
Mas eu acho que tenho o coração meio fraco! kkkk
Já passei por umas poucas e boas...

Saudades de vc!


bjos,

Tays Rocha disse...

Tudo certinho mesmo, o pessoal acha que o que fazemos são só flores... ai quem me dera né amiga? Adorei as dicas. Beijocas.

Fabi Ormerod disse...

Muito bacana esse artigo Taninha, adorei...é não é fácil viver de arte (imagino)...por isso que não deixo a minha ocupação principal, as admiro quem conseguiu fazer isso :) Bjocas

Blog Widget by LinkWithin